Hospedagem Gratuita: cinco lugares onde já dormi fazendo mochilão

Hospedagem gratuita: posto de combustíveis

A hospedagem é um dos pontos importantes de um mochilão por causa do orçamento, assim como a alimentação e o transporte. Nunca tive dinheiro para hotel, pousada, hostel ou camping, no entanto, isso nunca foi um empecilho para viajar. Sempre encontrei alguma alternativa. Nesse post, reuni alguns lugares onde já dormi durante as viagens, como opção de hospedagem gratuita.

Hospedagem Gratuita

1. Couchsurfing

Sem dúvida, minha forma de hospedagem preferida! Comecei no Couchsurfing em 2014, quando recebi meu primeiro surfer em Belo Horizonte. Depois disso, recebi mais três pessoas antes de, enfim, usar o serviço como hóspede.

Hospedagem gratuita: Couchsurfing
Hospedagem pelo Couchsurfing | Foto: Arquivo Pessoal

Meu primeiro anfitrião foi o Thiago (sim, meu marido). Ele também usava o Couchsurfing, e já tinha o hábito de receber viajantes em casa antes da gente se conhecer. Estamos juntos desde que ele me hospedou, e hoje, abrimos as portas de casa nos lugares onde moramos, ou somos recebidos em família por alguém!

Hospedagem Gratuita: Couchsurfing
Nossa primeira viagem juntos como hóspedes do Couchsurfing | Foto: Arquivo Pessoal

Apesar de muito se falar do Couchsurfing enquanto plataforma de hospedagem gratuita, esse não é o principal motivo pelo qual utilizamos, nem mesmo o foco da rede. É pela troca cultural e pela vivência. Fizemos amigos pra vida toda através do CS!

Se você ainda não conhece o Couchsurfing, temos esse post todinho sobre a plataforma!

2. Posto de Combustível

Para os viajantes que, assim como nós, rodam de carona, dormir em postos de gasolina não é algo tão inusitado assim. Aliás, é a forma de hospedagem gratuita mais recorrente.

De carona, nem sempre dá pra chegar ao destino no mesmo dia, e no meio da estrada, é o melhor lugar para se passar a noite. Os postos 24 horas geralmente contam com seguranças, banheiro e lanchonete. Alguns têm, inclusive, wifi liberado, o que ajuda muito na hora de dar notícias à família.

É só pedir permissão aos frentistas ou ao gerente, e perguntar onde a barraca pode ser montada.

Já é um hábito nosso, e facilita para seguir viagem no dia seguinte, já que muitos caminhoneiros também pernoitam nos postos.

3. Estação de Trem

Durante uma viagem com uma amiga por Minas Gerais, chegamos à noite em uma cidadezinha. Havia uma pequena estação de trem, que parecia abandonada. Não havia ninguém na rua pra pedirmos informações, então, armamos a barraca ali mesmo, ao lado dos trilhos na terra vermelha.

Hospedagem gratuita: estação ferroviária
Dormindo na barraca ao lado dos trilhos do trem | Foto: Mallê

Estávamos tão cansadas que dormimos bem rápido. Pouco tempo depois, um barulho estrondoso! O chão tremia, a barraca sacudia, e uma nuvem de poeira começou a entrar. Foi assim que descobrimos que a linha de trem não estava desativada. Por sorte, estávamos a uma distância segura.

Passado o susto, dormimos outra vez. Mas não demorou muito pra descobrir que nossa hospedagem gratuita daquela noite tinha um trem a cada 1 hora.

Acordamos tão cansadas que mais parecia que o trem tinha mesmo passado por cima!

Hospedagem gratuita: barraca
Acordando depois de vários trens | Foto: Arquivo Pessoal

4. Camarim de Teatro

Certa vez, estava em uma cidade buscando informações, já que o lugar tinha alguns atrativos. Me indicaram o Centro de Apoio ao Turista. Quando enfim cheguei lá, vi que o prédio ainda estava em construção. Quem me deu as informações foi um senhor que estava trabalhando como vigia da obra.

Ele gentilmente se ofereceu para guardar as mochilas enquanto eu fazia o passeio. Quando voltei pra buscar as coisas no fim da tarde, ele perguntou onde eu passaria a noite, e disse que eu poderia ficar ali se quisesse.

A parte do teatro já havia sido totalmente construída. Pude dormir no camarim, abaixo do palco, com direito a banheiro com chuveiro, cozinha, uma sala com tomadas pra carregar câmera e celular, e até um espelho gigante!

Hospedagem gratuita: camarim de teatro
Saindo do teatro depois de hospedagem “VIP” | Foto: Arquivo Pessoal

Posso dizer que foi uma hospedagem de luxo! E nem senti falta das frutas frescas e toalhas brancas!

5. Loja de Fantasias

Talvez tenha sido o lugar mais diferente onde já dormi até hoje: dentro de uma loja que alugava fantasias para festas!

Poderia ser só mais uma hospedagem, como as demais, não fosse o fato de que era Halloween, e a loja inteira estava com decoração temática. Morcegos pendurados, rostos enormes de palhaços nas paredes, teias com aranhas, caldeirões, abóboras de sorrisos largos, vampiros, múmias e manequins! Algumas peças tinham olhos estrategicamente pintados com tinta fluorescente, dando aos duendes um aspecto de quem iria saltar da mesa a qualquer momento!

O ambiente não estava totalmente escuro, mas também não dava pra ver nada nitidamente. A entrada era bem próxima de onde eu estava deitada, e tinha uma grande janela e uma porta de vidro, de modo que a iluminação pública entrava no lugar de forma bem suave.

De repente, ventou mais forte. A sala ficou vermelha, enquanto uma risada de arrepiar a espinha ecoava no ambiente inteiro! É que o vento havia feito a cortina voar e passar na frente de uma boneca de bruxa pendurada na porta, destas com sensor de movimento; então, ela acendia os olhos e dava três gargalhadas quando algo se mexia à sua frente!

Recuperado o fôlego, tentei dormir. Até perceber que a lâmpada estava piscando. Só que ela estava apagada! Quando acesa, nada acontecia. Era só desligar o interruptor que ela piscava. Tava decidido: ia dormir de luz acesa! De manhã, vi uma fila de formigas entrando atrás da caixinha do interruptor: haviam feito ninho em meio à fiação e isso ocasionava mal contato. Ufa!

Essa hospedagem me rendeu boas risadas (depois, claro!) e ótimas histórias. Antes de ir embora, pude voltar a ser criança, e me vesti de todos os personagens que pude! Quase como realizar o sonho de infância de ficar presa dentro de uma loja de brinquedos!

Hospedagem Gratuita: loja de fantasias
Hospedagem em uma loja de aluguel de fantasias | Foto: Arquivo Pessoal

E você, já ficou em algum lugar inusitado pra garantir hospedagem gratuita?